8 Formas de Aprender Mais Rápido e Lembrar Mais nos Estudos para OAB

Tem gente que vai para a academia para treinar seus músculos. Outros correm ou fazem caminhadas para treinar a resistência. Mas se você está se preparando para a Prova da OAB, é preciso exercitar mais. Bem, é sobre isso que vamos falar hoje, como treinar uma das partes mais importantes de seu corpo: o cérebro.

Quando você treina o seu cérebro, você:

– Evita situações embaraçosas: como lembrar o rosto mas esquecer o nome de alguém;
– Aprende mais rápido seja as matérias da OAB ou qualquer outra atividade;
– Evita doenças que atingem as pessoas à medida que envelhecem;

Então, como você treinar seu cérebro para aprender mais rápido e lembre-se mais? É isso que vamos ver agora!

1. Trabalhe sua memória.

Twyla Tharp, um coreógrafo de renome em NYC surgiu com o seguinte exercício de memória: quando ela vê uma de suas performances, ela tenta se lembrar das primeiras doze a quatorze correções que quer discutir com seu elenco sem gravá-los em nenhum lugar. Se você acha que isso é nada demais… Em seu livro The Habit Criativa, ela diz que a maioria das pessoas não se lembra mais do que três.

A prática de lembrar de eventos ou coisas e depois discuti-las com os outros foi realmente apoiada por estudos de aptidão do cérebro. Pois são atividades de memória que envolvem todos os níveis de operação do cérebro.

Agora, você pode não ter dançarinos para corrigir, mas você pode ser obrigado a dar feedback sobre uma apresentação, ou seus amigos podem pedir a você para falar sobre as coisas interessantes que você viu no museu. Estas são grandes oportunidades para treinar o seu cérebro praticamente flexionando seus músculos de memória.

Qual é a maneira mais simples para ajudar a si mesmo a lembrar o que você viu? Repetição.

Por exemplo, digamos que você acabou de conhecer alguém novo.

“Oi, meu nome é George”

Não basta responder com, “Prazer em conhecê-lo”. Em vez disso, diga: “Prazer em conhecê-lo, George”.

dance-teaching-and-learning-level-6-diploma

2. Faça algo diferente repetidamente

Quando você faz algo novo mais de uma vez, seu cérebro cria novos caminhos que ajudam a fazer esta nova coisa melhor e mais rápido a cada nova vez.

Pense um pouco no passado, quando você tinha três anos de idade. Você certamente era fortes o suficiente para segurar uma faca e um garfo. No entanto, se você fosse comer sozinho provavelmente seria uma confusão. Afinal, não era uma questão de força. Era uma questão de cultivar mais e melhores caminhos neurais que ajudassem você a comer por conta própria como um adulto faz. E adivinha? Com repetição suficiente, você fez isso acontecer!

Mas como isso se aplica a sua vida agora?

Digamos que você é um procrastinador. Quanto mais você não procrastinar, mais você ensina o seu cérebro não para aguardar o último minuto para fazer as coisas acontecerem ou para começar a estudar, por exemplo.

Agora, você pode estar pensando “Bem que não procrastinar poderia ser assim tão fácil!” Bem, pode ser. Ao fazer algo realmente pequeno, que você normalmente não faria por preguiça você vai começar a criar essas novas vias neurais preciosas.

Então, se você foi está adiando seu estudo para a OAB, basta ter um resumo em mãos e começar a ler. Ou, você pode começar por algo ainda menor. Como responder umas questões anteriores, ler um capítulo do livro, metade do resumo…

Pense que você não precisa começar com uma hora de estudo seguida. Mas tirar 20 minutos pra ver o que tem pra estudar, organizar o ambiente de estudo, fazer uma pequena leitura.

Isso é o quão pequeno você pode fazer para começar. Lembre-se que essas vias neurais ainda estão sendo construídos. Aos poucos, você vai transformar-se de um procrastinador a uma ação tomador de ações.

 

3. Aprenda algo novo

Pode parecer óbvio, mas quanto mais você usa seu cérebro, melhorserá seu funcionamento. Por exemplo, aprender um novo instrumento melhora sua habilidade de traduzir algo que você vê (partitura) para algo que você realmente pode fazer (tocar o instrumento).

Aprender uma nova língua expõe seu cérebro para uma forma diferente de pensar, uma maneira diferente de expressar-se.

Você pode até mesmo literalmente dar um passo mais longe, e aprender a dançar. Estudos indicam que aprender a dançar ajuda idosos a evitarem a doença de Alzheimer. Não é ruim, hein?

4. Siga um programa de treinamento do cérebro

O mundo da Internet pode ajudá-lo a melhorar sua função cerebral, enquanto você está preguiçosamente sentado em seu sofá. Um programa clinicamente comprovado como BrainHQ pode ajudá-lo a melhorar sua memória ou a pensar mais rápido, apenas seguindo seus exercícios de treinamento do cérebro.

5. Trabalhe seu corpo

Você sabia que esta dica estava vindo não é? Sim, de fato, o exercício físico não apenas trabalha o seu corpo; ela também melhora a aptidão do seu cérebro.

Mesmo um exercício breve de 20 minutos facilita funções de processamento de informação e de memória. Mas não é apenas isso: exercício físico realmente ajuda o seu cérebro criar essas novas conexões neurais mais rápido. Você vai aprender mais rápido, o seu nível de alerta vai aumentar, e você terá tudo o que precisa apenas movendo seu corpo.

Agora, se você ainda não é um exercitador regular, e se sente culpado por não estar ajudando o seu cérebro, tente um programa de exercícios de treinamento do cérebro como Exercício Bliss. Lembre-se, como vimos no nº 2, ao treinar seu cérebro para fazer algo novo repetidamente, você está realmente mudando a si mesmo permanentemente.

reunion-familia

6. Passe tempo com seus entes queridos

Se você quiser habilidades cognitivas ótimas, então você tem que ter significativas relações em sua vida. Falar com os outros e se engajar com seus entes queridos ajuda você a pensar com mais clareza, e também pode levantar o seu humor.

Se você é uma pessoa extrovertida, isso vale ainda mais peso para você. Em uma aula na Universidade de Stanford, foi visto que os extrovertidos realmente usam a habilidade de falar com outras pessoas como uma forma de entender e processar seus próprios pensamentos.

7. Evite quebra-cabeças de palavras cruzadas

Muitos de nós, quando pensamos em aptidão do cérebro pensamos em palavras cruzadas. E é verdade que o quebra-cabeças de palavras cruzadas melhora a nossa fluência, mas estudos mostram que eles não são suficientes por si mesmos. Eles são divertidos? Sim. Será que eles afiamseu cérebro? Na verdade, não.

Claro, se você está fazendo isso por diversão vá em frente. Se você está fazendo isso para aptidão do cérebro, então você pode querer escolher uma outra atividade.

8. Coma direito e certificar-se de que chocolate amargo está incluído

Alimentos como peixe, frutas, legumes ajudam o seu cérebro executar suas funções de forma otimizada. No entanto, você pode não saber que o chocolate amargo dá ao seu cérebro um bom impulso também.

Quando você come chocolate, seu cérebro produz dopamina. E dopamina ajuda a aprender mais rápido e a lembrar melhor. Sem esquecer que o chocolate contém flavonóides, antioxidantes, que também melhoram suas funções cerebrais. Então da próxima vez você for fazer algo difícil, certifique-se de fazer um lanche ou dois de chocolate amargo!

Agora que você sabe como treinar o seu cérebro, é hora de começar a fazer. Não basta consumir esse conteúdo e, em seguida, continuar com a sua vida como se nada tivesse mudado. Colocar esse conhecimento em ação e tornar-se mais inteligente do que nunca deve ser seu objetivo! Tenho certeza que isso vai contribuir e muito com a sua aprovação para a OAB!

Então gaste apenas 30 segundos e me diga nos comentários: o que você vai fazer nos próximos três dias para dar seu cérebro um impulso?

 

One comment

  1. Quero receber informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *