Como Evitar o Branco na Hora da Prova

Como Evitar o Temido “Branco” Durante a Prova da OAB

A prova da OAB é uma das provas mais temidas do Brasil por dois motivos principais: ter um conteúdo muito extenso e abrangente, que se refere a toda a matéria obrigatória do curso de Direito fixado pelo MEC; e por ter um enorme índice de reprovação.

Para ter sucesso no exame e assim ingressar na Ordem, é necessário que o candidato esteja muito bem preparado para fazer a prova. O problema é que, como sabemos bem, às vezes aquele terrível “branco” no meio do exame pode colocar toda a preparação e estudos a perder.

Se você está preocupado com isso, acalme-se: vamos te mostrar agora algumas dicas para evitar essa situação e terminar sua prova da OAB com o máximo de tranquilidade!

Por que o “branco” acontece?

A hora da prova é um momento de grande estresse. Além de o candidato se cobrar muito, entram em jogo a cobrança da família e a necessidade da carteirinha da Ordem para poder começar a trabalhar. E ao contrário do que muita gente pensa, o tal “branco” não é apenas psicológico, mas pode ser explicado por reações no nosso corpo.

O organismo submetido a grande carga de estresse faz com que as glândulas adrenais (localizadas próximas aos rins) liberem o hormônio cortisol na corrente sanguínea, e ao chegar ao cérebro, esse hormônio afeta as capacidades cognitivas, especialmente a memória, gerando a sensação do “branco”.

 

Como evitá-lo?

Depois de entender como e por que o temido “branco” pode te acometer durante a prova, vamos às dicas para fugir dele:

Elimine incômodos

O ambiente também influencia bastante na sua tranquilidade durante a prova. Acredite, se sentir confortável é fundamental na hora do exame. Frio, calor e excesso de barulho tiram o foco e a concentração.

Caso você esteja se sentido desconfortável, peça ao fiscal para trocar de lugar, e lembre-se de se vestir em camadas no dia da prova para tirar as blusas se estiver com calor ou colocar mais se ficar com frio.

Durma bem no dia anterior

A melhor maneira de evitar o tão temido ataque de pânico e o medo de ser eliminado da prova é ter alguns cuidados no dia anterior, e o primeiro deles é ter uma boa noite de sono.  Uma mente descansada é fundamental para estar mais tranquilo no dia da prova. Durma no mínimo 8 horas no dia anterior para acordar mais disposto.

 

Cuide da sua alimentação

Uma alimentação saudável e energética também é fundamental para ter uma prova tranquila. Coma proteína e beba muita água, pois estar hidratado é de fundamental importância para ativar a memória.

Deu branco! E agora, o que fazer?

Mesmo com todas essas precauções, com a prova em mãos, pode acontecer de você olhar para uma questão e pronto: não se lembrar mais de determinado assunto. Tudo por culpa da tensão na hora da prova. Mas calma, mesmo assim, há uma solução. Os especialistas apontam o caminho: Não entre em pânico e não perca tempo com essa questão!

A sua memória volta de um a dois minutos depois do branco. Nessa hora, respire fundo, feche os olhos por alguns minutos e tente relaxar. Coloque a caneta sobre a mesa e respire calmamente, prestando especial atenção na sua respiração.

Pule essa pergunta, siga com o restante da prova e, apenas quando terminar, releia a questão em que aconteceu o “branco”, tentando se lembrar de quando cada conteúdo foi abordado na sala de aula. Esse processo acalma a mente e a matéria necessária para que você resolva aquela questão volta naturalmente.

Por fim, se você se preparou com cuidado e antecedência para o exame, não tem o que temer: confie na sua capacidade e não deixe os pensamentos de nervosismo te dominarem: você consegue!

O que achou das nossas dicas?

Já sofreu do aterrorizante “branco” em algum exame importante? O que fez para contorná-lo? Compartilhe sua experiência nos comentários e boa prova!

 

One comment

  1. jesus lima de araujo

    achei legal a dica