Filosofia do Direito
Filosofia do Direito

OAB Incluirá Filosofia do Direito no Primeiro Exame de Ordem de 2013

shutterstock_113641297_MenorBrasília – A diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados acolheu hoje (28) proposição apresentada pela Coordenação do Exame de Ordem Unificado no sentido de reincluir ao conteúdo de disciplinas cobrado na primeira fase (prova objetiva) do exame questões relativas à Filosofia do Direito. A proposta foi decidida em reunião realizada na sede da OAB e implicará na inclusão, a partir do primeiro exame de 2013, de duas questões sobre os ramos de Ética e Hermenêutica da Filosofia do Direito, conteúdos da Filosofia do Direito e que dizem respeito diretamente à formação e exercício profissional do advogado.

A sugestão para que o Exame da OAB passe a aplicar questões sobre Filosofia do Direito foi feita por diversos coordenadores de cursos de Direito de várias localidades do país e debatida na última semana durante o Colégio de Presidentes das Comissões do Exame de Ordem pela Comissão constituída especialmente pela Diretoria da entidade, “para implementar as disciplinas do eixo fundamental do Exame de Ordem”.

 

shutterstock_71414812_MenorO principal argumento em favor da implantação da Filosofia do Direito no conteúdo programático do Exame é o de que o mundo atual exige cada vez mais a formação de um advogado que não seja mero repetidor de leis e normas; e sim um profissional capaz de interpretar as normas – caso de que cuida a Hermenêutica – e que possua conduta reta e adequada – o que é tratado pela Ética.

Participaram da reunião de hoje todos os diretores do Conselho Federal da OAB, sob a condução do presidente nacional da entidade, Ophir Cavalcante. O conteúdo do programa que passará a ser exigido será divulgado posteriormente.

7 comments

  1. GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM ORGÃO QUE FISCALIZA AS RECEITAS E DESPESAS DA OAB. PORQUE POR ANO ARRECADAM EM VALOR BRUTO MAIS DE R$ 70 MILHÕES DE EXAMES DA ORDEM, EXCLUINDO AS ANUIDADES. ESSE DINHEIRO É APLICADO EM QUÊ????

  2. é bom colocar na prova da OAB, também, Ospb, religião, matematica, portugues, geografia, ditar o hino Nacional com ponto e virgula e o hino do seu respectivo Estado. Que tal a dica prá o Presidente da oab.?

  3. Atenção caros colegas estudem as receitas de nissin miojo pois vai cair.

  4. O exame deveria ser gratuito a todos, pois já é suficientemente caro os custos de uma faculdade, a anticonstitucionalidade esta em todo esse processo, eu diria que a cobrança nestes termos é abusiva e até caberia um ação por enriquecimento ilícito do Ordem por cobrar varias vezes o pgto da prova da 1ª fase.

  5. FIM DO CAc7A-NcdQUEIS EXAME DE ORDEM (BULLYING SOCIAL) As provas da OAB este3o num nedvel de dudicilfade absolutamente igual e0s da defensoria do Ministe9rio Pfablico e, se bobear, da magistratura”, desabafou recentemente num jornal carioca o desembargador Sylvio Capanema, ex-vice-presidente do Tribunal de Justie7a do Rio de Janeiro “Posso dizer com absoluta sinceridade que eu, hoje, ne3o passaria no Exame de Ordem”. Dias depois ou seja, dia 16/05/2011 OAB por maioria dos seus pares, aprovou alterae7e3o no Provimento nb0 136/2009, pasmem, para dispensar do Exame de Ordem os bachare9is em direito oriundos da Magistratura e do Ministe9rio Pfablico. No ano passado isentou desse exame os Bachare9is em Direito oriundos de Portugal, e com essas tremendas aberrae7f5es e discriminae7f5es ainda team a petule2ncia de afirmarem que esse tipo de excresceancia e9 Constitucional? Amanhe3 ire1 dispensar do referido exame, filhos, netos e esposas de Senadores, bem como de Deputados etc.Alie1s os mercene1rios da OAB, atuam com fossem dirigentes de futebol de ve1rzeas. “A bola e9 minha e no meu time sf3 joga quem eu quero”. Meus nobres causeddicos se realmente esse tipo de Exame qualificasse algue9m, questiono: por que a OAB, foi contra a provinha do Exame de admisse3o ao Quinto Constitucional exigida pelo Tribunal de Justie7a do Rio de Janeiro/TJ/RJ, para os apadrinhados da OAB e do Ministe9rio Pfablico, ao ponto da OAB questionar a inconstitucionalidade de tal Exame junto ao Conselho Nacional de Justie7a que incontinente julgou inconstitucional? Onde este1 a coereancia da OAB? Ou e9 correto ela se utilizar de dois pesos e duas medidas? OAB tem que parar com essa ciclotimia de contradie7f5es e aberrae7f5es.VASCO VASCONCELOSAnalista e EscritorBRAScdLIA-DF

  6. Gostaria de ver advogado de larga experiência no ramo um desses aplicadores da prova fazer a prova da OAB e gabarita-la, creio eu que eles sabem tudo,porque tem certos advogado ai da lincença tem até medo de intrevistar o cliente.

  7. Maria Conceição dos Santos Franco

    Vou fazer a prova da OAB/MG, não para testar minha vocação ou tão pouco os meus conhecimentos, sim, por determinação da Ordem que ao meu ver tiveram a grande sorte de arrecadarem bem mais do que o previsto qd surgiu. Quero crer que o grande termômetro avaliador do profissional é a sociedade. Isto é transparente a todos. Basta ver tantos advogados que passaram pela avaliação da OAB e não são dignos de um cliente. Estou certa ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *