VÍDEO | Quantas Horas Estudar por Dia para Passar na OAB?

Antes de iniciar a nossa conversa sobre quantas horas estudar por dia para passar na OAB, vamos pensar na seguinte situação: imagine dois personagens, o condutor e o seu cavalo. Até certo ponto, quanto mais o homem açoitar o animal, mais ele correrá. No entanto, após um dado tempo, com a debilitação de seu estado físico e emocional, ele deixará de correr.

O mesmo acontece com a preparação para provas puxadas, como é o caso do exame da OAB. No começo, estudar por várias horas seguidas pode parecer uma ótima ideia. Entretanto com o passar do tempo e a chegada do cansaço, fica bem claro que forçar tanto a barra pode não ser a melhor opção.

Tendo em mente os desafios vividos por quem está se preparando para esse exame, que a cada ano fica mais difícil, fizemos um post para auxiliá-lo a otimizar os estudos e conseguir um ótimo resultado! Boa leitura!

Afinal, quantas horas estudar por dia para passar na OAB?

Caro leitor, temos uma notícia para lhe dar: é impossível precisar o tempo suficiente para estudos. Agora, muita calma! Isso não significa, nem de longe, que você deve estudar doze horas por dia sem o menor descanso para alcançar bons resultados.

Na realidade, a impossibilidade da determinação da quantidade exata de horas que alguém deve estudar se dá por conta da individualidade de cada ser humano. Cada pessoa, por ser única, possui preferências e dificuldades diferentes. Por isso, os cronogramas precisam ser feitos sob medida para os estudantes.

Um dos principais pontos é focar mais em qualidade do que em quantidade. Ou seja, priorizar estudos produtivos e com uma boa absorção de conteúdo e não as longas maratonas de leitura em que nenhuma palavra é fixada.

Respeite os seus limites e, principalmente, não entre em competições. Se ouvir alguém dizendo que estuda vinte e três horas todos os dias, ignore e faça o seu melhor!

Como posso otimizar os meus estudos?

Apesar dos quesitos emocionais, em que calma e confiança pesam bastante, estudar corretamente é o fator decisivo no processo de preparação para a prova da OAB. Para se sobressair e acertar o maior número de questões do exame, é necessário saber a melhor forma de conduzir os estudos e tirar o maior proveito possível da situação.

Pensando nisso, preparamos ótimas dicas para ajudá-lo! Confira:

Estabeleça a carga horária certa para você

Como já mencionamos, a carga horária mais adequada não funciona como uma receita de bolo e deve ser estabelecida por estudante. Para chegar ao número perfeito de horas para estudar para a OAB, alguns pontos devem ser levados em consideração, como a sua rotina e a sua capacidade de concentração.

Caso o tempo disponível seja curto, não faz sentido estabelecer muitas horas de estudo diárias. O mesmo vale, obviamente, para a situação contrária. Além disso, não adianta nada levar o cérebro à exaustão. Ao estabelecer o número de horas que irá estudar, busque o equilíbrio e pense em suas necessidades.

Crie um cronograma de estudos eficiente

Uma boa gestão do tempo pode ajudar estudantes de todas as idades a melhorar a forma como estudam, e isso não é diferente para os jovens bacharéis em Direito que prestarão o exame da Ordem.

Definir quais conteúdos serão estudados e quando os estudos ocorrerão é uma ótima maneira de manter a procrastinação bem longe da sua vida, pois ela impacta negativamente o rendimento na prova. Ao reservar um certo período de tempo, estudar passará a fazer parte da sua rotina diária, o que reduz os níveis de estresse e de ansiedade.

Desenvolva disciplina e organização

Ainda falando sobre o estresse, você provavelmente conhece o sentimento de prestar uma prova tendo estudado apenas na noite anterior, certo? Para eliminar esse sentimento desagradável, o ideal é estudar diariamente, mesmo que apenas um pouco. O desenvolvimento de disciplina e a criação de novos hábitos é crucial para um bom desempenho.

Além disso, é importante focar na organização. Uma boa rotina de estudos não termina na elaboração do cronograma perfeito, mas também leva em consideração o ambiente onde a mágica acontece. O local precisa ser limpo, organizado e silencioso. Para os que têm a casa cheia, frequentar bibliotecas públicas pode ser uma boa saída.

Cuide da sua saúde

O nosso cérebro funciona mais ou menos como um músculo, e precisa de exercícios para se tornar mais forte e desenvolvido. No entanto, as semelhanças não param por aí. Assim como os músculos, ele também pode sofrer de severa estafa caso seja sobrecarregado, se cansando ao ponto de não conseguir continuar.

Citando outra analogia, podemos comparar o cérebro a um carro que necessita de combustível para funcionar. Refeições industrializadas e pobres em nutrientes não fornecem a gasolina necessária para que o motor funcione. Não se cobre tanto: não somos super-heróis. Reserve um tempo para seu lazer e faça refeições de qualidade.

Utilize diferentes métodos de estudo

Você sabia que estudar pode ser muito mais do que apenas se sentar e ler incessantemente? Tornar o momento mais dinâmico e divertido, com a utilização de diferentes métodos de estudo, é um ótimo modo de fazer o cérebro absorver mais informações. Podem ser utilizados flashcards, jogos da memória, listas e até mesmo desenhos.

No entanto o atual queridinho é o método pomodoro, uma técnica de gerenciamento de tempo e de aumento da produtividade que consiste em estudar por blocos de tempo (de vinte e cinco minutos cada), com pequenas pausas de cinco minutos entre eles. Há diversos aplicativos para celular que utilizam esse método. Use a tecnologia a seu favor!

Como podemos ver, a consistência é a melhor amiga dos estudantes. Ao invés de considerar quantas horas estudar por dia para passar na OAB, é interessante priorizar a qualidade do estudo e garantir que ele aconteça todos os dias, tornando-se um hábito.

E aí, quer continuar por dentro das novidades e assegurar a sua aprovação? Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de todos os nossos conteúdos! Estamos no FacebookGoogle+Instagram e também possuímos um canal no Youtube.

Até a próxima!