Tudo que você precisa saber para se preparar para a 1ª fase da OAB

O exercício do Direito é uma profissão já antiga mas que permanece bastante moderna por sua necessidade nos dias atuais. Muitas pessoas desejam trabalhar com as leis e se tornarem advogadas, podendo exercer sua função e serem úteis em diversos casos. O caminho para ganhar o título de advogado, porém, vai além da simples conclusão do curso universitário, sendo necessário que o profissional seja aceito pela Ordem dos Advogados por meio de uma prova que mostre que ele é merecedor do cargo.

A prova da OAB é um dos concursos mais disputados todos os anos, havendo um número grande de candidatos que se esforçam durante muito tempo para serem aprovados e ganharem o direito de exercer sua profissão. A primeira fase dessa prova pode ser algo assustador para quem não sabe o que esperar, mas algumas dicas que separamos podem se tornar bastante úteis na hora de estudar.

Vamos lá?

Pontuação para aprovação

Como toda prova, existe uma pontuação mínima para que o candidato seja aprovado e receba a chance de se tornar um advogado registrado e reconhecido. Na prova da OAB, o candidato que deseja passar para a próxima fase precisa acertar, no mínimo, 40 questões que abrangem diversos assunto relacionados à área de conhecimento da profissão. Não há concorrência alguma, todos que atingirem esse número de acertos estarão aptos a realizar a segunda fase.

Essa primeira fase é composta por 80 questões. Portanto, como é necessário acertar pelo menos a metade dessa quantidade, o recomendado é que o candidato estude para poder se aprovado com bastante pontos tranquilamente, não apenas a quantidade exigida. Não haver competição é bastante animador, já que a pressão para acertar o número de questões é menor.

Peso por matéria

É recomendado que o candidato conheça a importância de cada matéria para o resultado da prova, dessa forma ele pode se planejar melhor no momento de estudar e também na hora de realizar a prova, caso algum aperto ocorra e ele precise se decidir sobre quais questões ele precisa fazer com mais urgência. As matérias da primeira fase com maior peso são: ética profissional, direito constitucional, direito civil, direito penal e direito do trabalho. Porém, o candidato não deve menosprezar as outras matérias, que merecem o mesmo nível de dedicação

studentIPAD_0

Temas cobrados frequentemente

Conhecer e procurar estudar e se aprofundar no temas mais pedidos pode ser um meio de garantir um maior preparo, aprendendo com experiências passadas para se beneficiar do conhecimento pré-existente sobre a prova para que ela se torne um pouco mais simples e com menos surpresas.

Resolver questões de provas anteriores

Pegar provas antigas e procurar resolvê-las é um ótimo jeito de praticar as habilidades e testar os conhecimentos exigidos. Dessa forma, o candidato estará se sentindo mais preparado e confiante, além de poder encontrar questões repetidas e já ter resolvido ela.

Sem anulações

Quem conhece sabe que casos de anulações de questões são muito raros nas provas do OAB. Isso vale para que o candidato se prepare melhor e esteja mais confiante em suas habilidades, não em erros de correção ou outros “milagres” do tipo.

Gostou dessas dicas? Vai fazer a próxima edição do Exame da Ordem? Deixe seus comentários ou dúvidas abaixo. Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *